Paraná

ATENÇÃO PASSAGEIRO! TRANSPORTE PÚBLICO DE CURITIBA TERÁ ATRASOS NESTA SEMANA

Assembleias de motoristas e cobradores do transporte coletivo de Curitiba marcadas para os próximos dias devem gerar atraso pontuais nas linhas ao longo desta semana. Até sexta-feira (10), os funcionários se reúnem com o Sindimoc, sindicato da categoria, para discutir a adesão à campanha nacional contra a reforma da Previdência – que prevê uma paralisação nacional para a próxima semana. Nesta segunda-feira (6), três reuniões entre a madrugada e a parte da manhã já resultaram em atrasos no atendimento aos usuários de linhas operadas pela Auto Viação Redentor, como a Interbairros II, CIC/ Cabral e Água Verde Abranches.

Os ônibus da empresa saíram da garagem com 1h30 de atraso. Também foram ouvidos funcionários da Expresso Azul e Araucária Filial. Nestas, o debate foi durante o recolhimento de carros, o que não afetou os horários das linhas.

Para a tarde, está previsto debate com funcionários da CCD. O encontro será a partir das 16 horas, quando começam a chegar os motoristas que saem com os carros para atender o fluxo do horário de pico. O sindicato prevê que o encontro dure 30 minutos.

A CCD opera 34 linhas de ônibus em Curitiba, entre elas Interbairros II, os expressos Centenário-Campo Comprido e Centenário-Rui Barbosa, os ligeirinhos Inter II e Centro Politécnico. A maioria dos ônibus, contudo, também possui operação conjunta com outras empresas, o que faz com que apenas parte da frota de cada linha possa ser afetada. Além disso, o sindicato garante que nas assembleias da tarde, o impacto junto aos usuários é menor, uma vez que já há ônibus circulando nas ruas.

Conforme o sindicato, os motoristas e cobradores das três empresas decidiram apoiar a campanha lançada no fim de janeiro contra a reforma da Previdência e também optaram por aderir à paralisação nacional marcada para o dia 15 de março. Eles deixaram aprovado indicativo de greve específico sobre o tema.

Por enquanto, o Sindimoc não possui detalhes sobre o esquema da possível paralisação temporária prevista para a próxima semana. Isso porque as outras dez empresas que operam o transporte coletivo de Curitiba ainda precisam decidir sobre a adesão ao movimento – o que deve ocorrer até sexta.

Empresa será multada

Em nota oficial, a Urbs, empresa que gerencia o transporte coletivo na capital, informou que vai multar a empresa Redentor pelo atraso nas saídas dos ônibus na manhã desta segunda-feira.

O valor da multa será calculado pela equipe técnica, de acordo com as tabelas de horários que deixaram de ser cumpridas. A Redentor é responsável por 58 linhas de ônibus, entre elas Interbairros, Santa Cândida/Pinheirinho, Ligeirão Pinheirinho/Carlos Gomes, além de linhas alimentadoras.

Mudanças na lei

A proposta que define mudanças no sistema previdenciário brasileiro está sob análise de comissão especial na Câmara dos Deputados, em Brasília, e é uma das questões mais importantes do governo de Michel Temer (PMDB). O projeto pretende, entre outros pontos, fixar idade mínima de 65 anos para a aposentadoria e elevar o tempo mínimo de contribuição de 15 anos para 25 anos.

A Central Única dos Trabalhadores (CUT), uma das entidades que encabeça a campanha contra a reforma, considera as mudanças previstas “ilegítimas” e um “retrocesso nos direitos trabalhistas”.

“Vemos tudo isso como um grande prejuízo para aos trabalhadores da nossa categoria”, explicou o presidente do Sindimoc, Anderson Teixeira. “E percebemos, pela resposta deles, que eles também não estão nenhum pouco confortáveis com o que essa reforma. Afinal, é perda de direitos”, definiu.

 

Tribuna do PR

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.