Araucária

Araucária terá Cervejaria e Maltaria do grupo Petrópolis. Empresa promete 6 mil empregos diretos

O grupo Petrópolis, segunda maior cervejaria do Brasil e única grande empresa do setor com capital 100% nacional, confirmou a escolha do município de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, para instalar sua primeira maltaria no País. Com investimento de R$ 200 milhões, a empresa pretende produzir 120 mil toneladas por ano de malte.

A maltaria faz parte de um pacote de R$ 2,2 bilhões de investimentos do grupo no Paraná, anunciado em abril do ano passado. A previsão é criar 6 mil empregos diretos e indiretos. Além disso, há forte impacto no campo. Para a maltaria, o grupo estabeleceu parceria com a Cooperativa Bom Jesus, da Lapa, para a produção da cevada.

O empreendimento tem apoio do Governo do Estado, por meio do programa de incentivo fiscal Paraná Competitivo. O protocolo para inclusão da empresa no programa foi assinado pelo governador Beto Richa em abril do ano passado, mas só neste mês de julho a empresa anunciou Araucária como o município escolhido para abrigar o empreendimento.

De acordo com Eliana Cassandre, gerente de propaganda da marca, o Paraná foi escolhido para receber os investimentos por conta da boa localização e da infraestrutura logística – com facilidade de acesso tanto a São Paulo quanto os demais estados do Sul – além do potencial de mercado de consumo de bebidas.

A maltaria, que será instalada em uma área de 70 mil metros quadrados, deve ficar pronta entre fim de 2017 e início de 2018. O objetivo é que a produção ajude a reduzir as importações de malte do grupo, hoje concentradas na Argentina e no Uruguai. A expectativa é que a fábrica responda por entre 25% e 30% das necessidades da empresa, de 250 mil toneladas por ano.

O Sul é um mercado estratégico para a expansão da empresa. Quando estiver em operação, a produção de cerveja no Paraná poderá abastecer tanto a região quanto atender o mercado de São Paulo em períodos de pico de consumo, como no verão.

EM ETAPAS – O projeto do grupo Petrópolis no Paraná está sendo tirado do papel em etapas e compreende o período de 2014 a 2018. Depois da maltaria, será a vez da construção da cervejaria. Ainda não foi definida sua localização, que vai depender de fatores como infraestrutura, terreno e na qualidade da água, que é um dos itens mais importantes na produção de cerveja. Inicialmente a produção será de 300 milhões de litros por ano.

Do total de R$ 2,2 bilhões, cerca de R$ 800 milhões irão para a cervejaria e a maltaria. Outros R$ 500 milhões e R$ 600 milhões devem ser aplicados nas operações da processadora de soja Imcopa. O grupo Petrópolis arrendou as duas fábricas da empresa em Araucária, na Grande Curitiba, e Cambé, no Norte do estado.

MERCADO – Com seis fábricas de cervejas, o grupo emprega 23 mil pessoas e detém 13,2% do mercado no País, atrás apenas da Ambev. No Paraná, a empresa informa deter 6,7% das vendas de cerveja.

Com a Imcopa, o grupo passou a concentrar as exportações de grãos e derivados pelo porto de Paranaguá. De janeiro a junho, as exportações do grupo totalizaram US$ 61,8 milhões, 29,8% acima mais do que no mesmo período do ano passado.

PARCERIA VIABILIZA PRODUÇÃO DE CEVADA

O grupo Petrópolis estabeleceu uma parceria com a Cooperativa Agroindustrial Bom Jesus, da Lapa, para a produção de cevada que será usada na fabricação do malte. Desde o ano passado, produtores da cooperativa estão fazendo a multiplicação de sementes.

Nesse ano foram plantados 1,5 mil hectares e a primeira safra deve ser colhida em novembro. O grupo, junto com a Embrapa, também vem pesquisando variedades mais adaptadas ao clima da região. A previsão é chegar a uma área de 40 mil hectares de área de cevada até 2017.

De acordo com a Petrópolis, o agricultor tem a venda garantida a preço da Bolsa de Chicago, o que serve como estímulo para o desenvolvimento da cultura. A região é forte na produção de soja e a cevada pode ser uma alternativa para a diversificação do plantio durante o inverno.

AEN

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.