Araucária

Araucária terá Casa de Passagem para moradores de rua

Araucária está prestes a obter um avanço importante na área de assistência social. A cidade irá ganhar uma Casa de Passagem para receber moradores de rua e auxiliar na reinserção social e retomada da vida que mantinham antes de morar nas ruas.

Para abrigar o serviço, que será administrado pela Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), o prédio onde antigamente funcionava a Defesa Civil (na Manoel Ribas, 3030) está sendo reformado. Todo o piso da estrutura já foi trocado, inclusive o terreno foi compactado, a tubulação foi trocada e a revisão do telhado também já foi executada.

A Secretaria de Obras ainda irá fazer a calçada, terminar a revisão elétrica e hidráulica e pintar o local para garantir a infraestrutura necessária ao funcionamento do serviço. Várias parcerias estão sendo buscadas pela SMAS para que isso ocorra o quanto antes.

“Parcerias foram estabelecidas com a finalidade de resolver uma questão que faz parte do dia a dia de todos os cidadãos Araucarienses. Nesse sentido, conquistamos uma excelente parceria com os Padres Vicentinos, a Associação de Proteção à Maternidade e à Infância, a Associação Comercial, Industrial e Agropecuária (ACIAA), a Risotolândia, a CSN, a Secretaria Municipal de Segurança Pública e o HMA. Esse trabalho demonstra a solidariedade presente em cada um de nós para com o próximo. Novas parcerias serão bem vindas, pois ainda temos muitas providências necessárias”, relata a secretária municipal de Assistência Social de Araucária, Ivana Chemello Opis.

Sobre a Casa de Passagem

O abrigo terá atendimento ininterrupto 24horas por dia, todos os dias da semana. Uma equipe técnica deverá organizar atividades para a prática diária e terá como objetivo principal auxiliar na reinserção social dos usuários do serviço. São exemplos de ações que poderão ser executadas no local: a intermediação de contato com a família do morador de rua, orientação e expedição de documentos, cursos e oficinas para que os usuários se sintam estimulados a ingressar no mercado de trabalho ou possibilitem a volta aos estudos.

“A ideia principal é poder reinseri-los na sociedade, não apenas proporcionar um local para dormir ou uma refeição. Nossa intenção é que a partir desse serviço essas pessoas consigam voltar a ter condições dignas de vida e possam conquistar emancipação e autonomia”, complementa Ivana.

A previsão é que o serviço possa ofertar atendimento ao público a partir da segunda quinzena de agosto. Atualmente, os moradores de rua que precisem de algum auxílio podem se dirigir ao CREAS, que fica localizado na Av. Brasil, 298 – próximo ao Centro de Convivência. O telefone do serviço é 3901-5256.

SMCS / Foto Carlos Poly

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.