Araucária

Araucária recebe o prefeito mais bem avaliado do Brasil

Luizão, ex-prefeito de Pinhais, esteve na cidade para um bate-papo sobre gestão pública

 

Empresários e comerciantes de Araucária, na região metropolitana de Curitiba, receberam o ex-prefeito de Pinhais Luizão Goulart para um bate-papo, na noite desta quinta-feira (5). O livro ‘94 maneiras de fazer um governo eficiente’ permeou o encontro e diversos pontos da publicação foram detalhados. “Na campanha é tudo fácil, é da boca pra fora, tem que prometer aquilo que se tem conhecimento que pode fazer”, iniciou Luizão, que teve o fim da reeleição com 94% de aprovação dos moradores do município – número que leva o título da obra.

Ao todo, cem pessoas lotaram a sala de eventos da Associação das Empresas da Cidade Industrial de Araucária, na região da Chapada. Entre os presentes, a ex-deputada federal Rosane Ferreira, eleita com dezenas de votos na região metropolitana. “O que o Luizão fez como prefeito eu nunca vi, 94% de aprovação no segundo mandato, ou seja, na reeleição. Depois ele apoia a vice-prefeita e a torna gestora com mais de 80% da aprovação. Isso não é para qualquer um”, elogia Rosane.

A perda de R$ 631 bilhões no decorrer do pacto fiscal aos municípios foi um dos destaques do início da palestra. “Em 1988 o pacto fiscal era de R$ 1,9 trilhão, mas em 2015 recebeu R$ 1,3 trilhão. Mesmo com problemas maiores nas cidades, os valores foram diminuindo”, reprendeu.

Para Luizão, cada município tem realidades diferentes, mas em comum o foco em administrar. “Tem cidades que arrecadam mais, mas que acabam gastando mal. É assim com qualquer pessoa, trabalhador, administrador que podem até ganhar bem, mas se não sabem administrar, não se solidificam financeiramente”, alerta.

Durante o bate-papo, Luizão criticou a falta de representatividade em emendas parlamentares destinados aos municípios. “Quando você elege um representante, você dá poder para que ele gerencie recursos. Emendas parlamentares, aquelas que vêm de deputados, representam apenas 10% para Curitiba e região, enquanto 90% vão para o Estado. Há uma desigualdade aqui porque a população está muito mais concentrada aqui na região metropolitana”, explicou.

Região metropolitana

Além da experiência que teve como prefeito de Pinhais, Luizão também relembrou no encontro a trajetória como presidente da Associação dos Municípios Metropolitanos de Curitiba (Assomec).

“Tivemos grandes conquistas, soubemos nos unir e fazer o melhor para muita região. Se os municípios têm problemas parecidos, eles podem resolver em conjunto. Um desses desafios foi a questão da tarifa única de transportes, também a aquisição de máquinas rodoviárias pra municípios, autonomia sobre licenciamento ambiental, as questões sobre o lixo, também. Tivemos sucesso em diversas áreas”, finalizou.

 

Redação com assessoria – (Foto: Divulgação)

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.