Paraná

Após 4 meses de negociações, motoristas e cobradores chegam a acordo com empresários

Após quatro meses de negociações, motoristas e cobradores de ônibus de Curitiba e região metropolitana chegaram a acordo com os empresários nesta sexta-feira (27). O anúncio foi feito pelo presidente do Sindicato das Empresas de Ônibus, Maurício Gulin, em vídeo enviado à imprensa.

De acordo com Gulin, ficou acertado um aumento de 2% de reajuste dos salários e 4,3% no vale alimentação, que passará de R$ 575 para R$ 600. “Todos nós sabemos a dificuldade financeira do país e esse acordo foi o que ficou viável para os envolvidos, dando calma para o sistema e sem greves”, disse.

A negociação demorou por conta num impasse dos valores. Enquanto inicialmente o Setransp fez uma proposta que contempla apenas recomposição da inflação, os trabalhadores pediam um reajuste de 10%. O Ministério Público do Trabalho mediou algumas das conversas.

Com o acordo, greves da categoria devem ser descartadas nos próximos meses.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.