Paraná

Agente de cadeia mantido como refém em Piraquara é liberado após 24 horas

O agente de cadeia mantido como refém por três presos durante mais de 24 horas foi liberado na tarde desta terça-feira (5). O motim aconteceu na Casa de Custódia, em Piraquara, região metropolitana de Curitiba, depois que os rebelados pediram por uma transferência de penitenciária.

O comandante do BPGd (Batalhão de Polícia de Guarda), tenente-coronel Arildo Medeiros Dias, detalhou como foi a negociação com os presos. “Estes presos estavam em uma cabine bem separada de outras alas, o que facilitou as negociações. Água e luz foram cortadas e fizemos o isolamento da área”, descreveu.

 agente, apesar do susto, passa bem, de acordo com o tenente-coronel. “Foi bem tranquila a negociação. O agente será levado ao acompanhamento psicológico. A nossa parte aqui, bem como do Bope, foi concluída”, disse.

A equipe de reportagem apura se os pedidos de transferência foram atendidos pela Secretária de Segurança Pública do Paraná.

O Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná (Sindarspen) informou que a vítima é um trabalhador contratado via Processo Seletivo Simplificado (PSS), que recebe um pouco mais da metade do salário de um agente penitenciário e não conta com a estabilidade de um servidor do Estado.

Atualmente, trabalham no Paraná cerca de 1.200 agentes de cadeia, lotados em carceragens e presídios.

Banda B

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.