Brasil

Adolescente morre após ser atingido por apagador em sala de aula

Uma brincadeira acabou em tragédia neste fim de semana na pequena cidade de Ibitinga, em São Paulo. É que o estudante Fernando Fragali, de 15 anos, morreu no sábado (24 de outubro), dois dias após ser atingido por um apagador arremessado dentro da sala de aula por um colega. O episódio aconteceu na Escola Estadual Ariovaldo da Fonseca e a vítima chegou a ficar internada por dois dias na Santa Casa de Araraquara, município vizinho. As informações são do portal G1.

Segundo a Polícia Civil, o apagador foi arremessado na sala quando não havia nenhum professor no local. Logo após ser atingido, Fernando começou a se sentir mal, com tonturas e vômitos, e sua mãe foi chamada até o colégio. Ela o levou a um pronto-socorro da cidade, mas o jovem, que chegou à unidade com sinais de confusão mental, logo foi transferido para a Santa Casa de Ibitinga e, em seguida, para a Santa Casa de Araraquara, onde foi internado em estado grave.

A polícia agora aguarda o resultado do exame que vai apontar a causa da morte de Fernando. Ao mesmo tempo, realiza diligências para encontrar os responsáveis pela morte do estudante, tentando descobrir quem atirou o apagador, e também apurando um fato apontado pela mãe, que no boletim de ocorrência citou que houve atraso no atendimento do Samu, pois a ambulância responsável pela transferência do jovem entre os hospitais de Ibitinga e Araraquara teria quebrado, o que atrasou o atendimento em mais de duas horas.

 

G1

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.