ColunasEsportes - Coluna ''Destaque Entre Redes''

Acompanhe as rodadas do Futebol do final de semana na Coluna Quatro Linhas

Coluna Quatro Linhas / Por Patricia Deud

 

A rodada :

Ontem 19, aconteceram os dois jogos da dupla Atletiba.

No primeiro jogo na Arena da Baixada às 11:00 o Atlético do técnico Milton Mendes recebeu a Chapecoense do técnico Vinícius Eutrópio e o resultado foi:

Público: pagante 15.892 torcedores

O Atlético começou furação aos cinco minutos de jogo,Bruno Mota começou a jogada,Nikão cruzou e Crysan chutou e o travessão acertou.

Aos vinte e cinco minutos,Hernani,o homem gol do jogo,Hernani fez a primeira tentativa dele na partida na cobrança de uma falta ,quando chutou com violência e a bola passou muito perto do gol do Danilo.

A Chapecoense teve uma chance de abrir o placar com o erro da saída de bola atleticana ,a bola ficou com Hyoran que deixou Roger de cara pro gol e na conclusão do lance o goleiro Atleticano salvou a equipe.

Na entrada da segunda etapa o técnico Vinícius Eutrópio trocou sua equipe,saiu Wanderson,entrou João Afonso.

E logo aos seis minutos,o Atlético abriu o placar com Hernani,após cobrança de escanteio de Nikão ,aproveitou,subiu e de cabeça mandou para as redes do goleiro Danilo.

Atlético 1×0 Chapecoense

Aos dez minutos,Hernani quase fez mais um,finalizou,no rebote tentou novamente entusiasmando sua torcida,mas a bola foi por cima do gol.

Aos dezessete minutos,Milton Mendes tirou Crysan com dores e colocou Caíque no jogo.

Aos dezenove minutos ,foi a vez de Eduardo tentar para o Atlético, de longe para a defesa do arqueiro Danilo.

Aos trinta minutos o técnico Vinícius Eutrópio foi expulso de campo pelo árbitro por reclamação e a partida assim ficou.

Vitória atleticana na Arena com direito a pedido de casamento,uma cena romântica que emocionou a torcida presente no estádio.

Ponto Positivo: mais uma vez a linda festa da torcida,o jogo que tirou as pessoas de casa em uma bela manhã de domingo e a determinação do Atlético em vencer a partida e sair dos 19 pontos em que estava “estacionado”.

Pontos Negativos: O técnico Milton Mendes que deixou muito tempo o Crysan no jogo,lesionado,além de não conseguir render ainda com o risco de agravamento da lesão e a forma infeliz da crítica do gramado após a partida feita por Cléber Santana com a palavra que utilizou faltou educação pra ele.

Destaques do jogo:Hernani pelas tentativas que fez ,pelo gol que decretou a vitória da partida e Nikão pela raça que tem e pela cobrança perfeita de escanteio que possibilitou o gol do jogo.

Comentário final: Foi o jogo em que um gol valeu os três pontos da vitória,uma equipe apoiada por sua torcida aproveitou a vantagem de “estar em casa” ,lutou com maior posse de bola durante o todo o jogo e conseguiu seu objetivo.

Cartões amarelos:Caíque e Sidcley (Atlético-PR); Wanderson, Roger e Neto (Chapecoense)

Arbitragem:

As equipes:

Atlético: Weverton; Eduardo, Vilches, Kadu (Wellington) e Sidcley; Otávio, Hernani e Bruno Mota; Ytalo (Paulinho Dias), Crysan (Caíque) e Nikão

Técnico: Milton Mendes

Árbitro: Luiz César de Oliveira Magalhães (CE)

Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Rogério Pablo Zanardo (SP)

Chapecoense: Danilo; Apodi, Rafael Lima, Neto e Dener; Wanderson (João Afonso), Elicarlos (Tiago Luis), Cleber Santana, Camilo e Hyoran (Ananias); Roger

Técnico: Vinicius Eutrópio

Classificação: o Atlético está em oitavo lugar na tabela de classificação e irá enfrentar o time do Avaí ,no estádio da Ressacada em Florianópolis no sábado dia 25 às 18:30.

Na segunda partida no estádio Orlando Scarpelli às 16:00 na cidade de Florianópolis o Figueirense do técnico Argel Fucks recebeu o Coritiba comandado por Ney Franco e o placar foi:

Figueirense 0x0 Coritiba

 

Público:8016 pagantes

A primeira finalização foi do Coritiba aos dez minutos com Marcos Aurélio que arriscou de fora da área,mas a bola foi pra linha de fundo.

O Figueirense atacou aos quinze minutos com Marcos Pedroso que desceu pela direita e chutou cruzado para a defesa do goleiro Wilson.

Aos dezessete minutos ,Keirrisson fez um passe perfeito para Thiago Galhardo que chutou de frente na entrada da área com a defesa do goleiro Alex Muralha.

O Figueirense aos vinte e três minutos ,Marquinhos Pedroso cruzou para Thiago Santana que mandou de cabeça pra linha de fundo.

Aos vinte e sete minutos,Leandro Silva na corrida ,cruzou para a defesa do goleiro Wilson.

Aos trinta e seis minutos,mais Figueirense com Rafael Bastos que fez o passe para Thiago Santana que não foi perfeito na conclusão do lance.

E para fechar o primeiro tempo,Marcos Aurélio de fora da área mandou um tiro violento com a bola passando muito perto do travessão.

A segunda etapa começou com o Figueirense que trocou sua equipe,saiu Ricardinho,entrou Dudu.

E no primeiro minuto do jogo,o Figueirense com João Vítor arriscou de longe para a defesa de Wilson.

Aos sete minutos,Dudu na entrada da grande área com violência chutou para a defesa do Wilson.

Aos dez minutos na vez do Coritiba atacar com Keirrison,chutou cruzado para a defesa do Muralha.

Aos dezoito minutos Keirrison deixou o gramado para entrada de Rafhael Lucas.

Aos vinte e dois minutos ,uma chance de cobrança do Coritiba com Marcos Aurélio ,a bola acertou a barreira e foi pra linha de fundo.

Aos vinte e oito minutos,no cruzamento do Negueba para Rafhael Lucas que mandou de primeira pra linha de fundo.

Tentativas pra cá,tentativas pra lá e a bola não entrou nas redes.

Pontos Positivos: As várias tentativas sem resultados ,tentar sempre desistir nunca.

Pontos Negativos: mais uma vez a lesão do Keirrison que deixou o gramado sentindo dores.

Destaque do jogo:pela raça e tentativas do jogo,Thiago Galhardo.

Comentário final: O Coritiba,fez o “jogo do contente” brincando de Polianna,um ponto só fora de casa na situação que está é extremamente perigoso,quando uma equipe está com uma boa posição na tabela de classificação,um ponto fora de casa é muito bem vindo,mas quando a equipe se encontra na zona de rebaixamento é necessário vencer fora de casa também.

A equipe do Figueirense também não está bem posicionada na tabela ,faltou maior volume de jogo para o Coritiba vencer esta equipe.

Cartões amarelos:: (Figueirense) Ricardinho;(Coritiba) Lucio Flavio

Árbitro: Emerson Luiz Sobral (PE)

Assistentes: Clóvis Amaral da Silva (PE) e Fabiano da Silva Ramires (ES)

As equipes

Figueirense: Alex, Leandro Silva, Marquinhos, Saimon, Marquinhos Pedroso; Paulo Roberto, João Vítor (Yago), Rafael Bastos e Ricardinho (Dudu); Marcão e Thiago Santana (Everaldo)

Técnico: Argel Fucks

 

Coritiba : Wilson, Norberto (Rodrigo Ramos), Luccas Claro, Walisson Maia e Ivan (Negueba); João Paulo, Lucio Flavio, Thiago Galhardo e Esquerdinha; Marcos Aurélio e Keirrison (Rafhael Lucas)

Técnico: Ney Franco

 

Fonte das fichas técnicas: gazeta esportiva

Fotos: Atlético gazeta esportiva

Coritiba: site oficial do clube

 

“ Batei palmas ,todos os povos ,aclamai a Deus com voz de triunfo,porque o Senhor Altíssimo é tremendo e Rei grande sobre toda a terra” salmo 47.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.