Paraná

Ação de fura-catracas aumenta em Curitiba, mostra estudo das empresas de ônibus

O número de invasões no sistema de transporte coletivo de Curitiba teve alta em novembro. Segundo um estudo do Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Setransp), em novembro ocorreram 4.068 invasões diárias. No estudo anterior, de março deste ano foram 3.995 invasões por dia. A alta foi de 1,8%.

Apesar do aumento ser pequeno, um dado chamou a atenção e preocupa. As ocorrências nas dez estações-tubo mais visadas pelos fura-catracas caiu 19%. Só na estação-tubo Passeio Público, a mais visada, a queda foi de 40%. Isso mostra que a ação dos fura-catracas se espalhou pelo sistema.

O prejuízo estimado para o sistema de transporte da Capital é de pelo menos R$ 6,3 milhões.

Em janeiro, a Setransp começa a testar um equipamento para tentar reduzir as invasões. Anteparos serão instalados em algumas estações-tubo para impedir que os fura-catracas entrem nos ônibus pela plataforma.

 

Bem Paraná-22/12/2018

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.