Paraná

Abaixo-assinado na internet pede que Rodoviária de Curitiba receba nome de Rachel Genofre

Uma petição na plataforma de internet Avaaz, de abaixo-assinados, pede que a Rodoferroviária de Curitiba seja batizada com o nome Rachel Lobo Genofre. O caso da morte da menina, que estaria hoje com 19 anos, completará no próximo dia 3 de novembro dez anos sem solução. A intenção dos criadores do abaixo-assinado  é chegar a 100 mil assinaturas e já  conta 2.772.

Rachel desapareceu no dia 3 de novembro de 2008, quando tinha 9 anos, depois de sair do Instituto Estadual de Educação do Paraná, por volta das 17h30, e foi vista pela última vez na Rua Voluntários da Pátria, próximo à Praça Rui Barbosa, no Centro de Curitiba. O corpo de Rachel foi encontrado por dois indígenas no interior de uma mala às 2h30 da madrugada do dia 5 de novembro de 2008, embaixo de uma escada no interior da Rodoferroviária.

A menina estava com o corpo seminu e sofreu violência sexual e estrangulamento. Naquela época, não havia câmeras de vigilância interna. Um fiscal da Urbs abriu a mala e encontrou o corpo enrolado em lençóis e sacos plásticos, em seguida a Polícia Militar foi acionada. O assassino,ou assassinos, nunca foram identificados e o crime segue impune. Como a Rodoferroviária de Curitiba não possui um nome, neste décimo ano de seu assassinato, a petição pretende pedir à Prefeitura de Curitiba dê o nome de Rachel Lobo Genofre à Rodoferroviária de Curitiba como uma  forma de provocar a reflexão sobre o crime.

Veja a petição

 

O que é Avaaz – Avaaz, que significa “voz” em várias línguas européias, do oriente médio e asiáticas, foi lançada em 2007 com uma simples missão democrática: mobilizar pessoas de todos os países para construir uma ponte entre o mundo em que vivemos e o mundo que a maioria das pessoas querem.  A Avaaz mobiliza milhões de pessoas de todo tipo para agirem em causas internacionais urgentes, desde pobreza global até os conflitos no Oriente Médio e mudanças climáticas. O nosso modelo de mobilização online permite que milhares de ações individuais, apesar de pequenas, possam ser combinadas em uma poderosa força coletiva. (Leia sobre os resultados na página dos Destaques de Campanha).  Operando em 15 línguas por uma equipe profissional em quatro continentes e voluntários de todo o planeta, a comunidade Avaaz se mobiliza assinando petições, financiando campanhas de anúncios, enviando emails e telefonando para governos, organizando protestos e eventos nas ruas, tudo isso para garantir que os valores e visões da sociedade civil global informem as decisões governamentais que afetam todos nós.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.