Saúde

5 fatos sobre implantes dentários

Conheça os mitos e verdades a respeito da solução dentária usada por mais de 39 milhões de brasileiros

A falta de dentes pode ser provocada por diversos motivos. Desde um acidente, passando pelo fator etário, até a falta de higienização. Em todos os casos, o implante dentário está entre as principais opções para restaurar o sorriso. De acordo com dados do IBGE, cerca de 39 milhões de pessoas já implantaram um ou mais dentes no Brasil. Mas, ainda há muitos mitos sobre esse procedimento. Pensando nisso, separamos cinco fatos sobre os implantes dentários.

  1. O procedimento é seguro e indolor

Com os avanços da tecnologia, as cirurgias se tornaram menos complexas e mais confortáveis para o paciente. De uma forma mais simples, após a anestesia o cirurgião dentista faz um pequeno corte na gengiva para colocar um pino de titânio no osso da arcada dentária, como se fosse uma raiz artificial. As próteses (dentes falsos) são fixadas nesses pinos de forma segura e com baixíssimo índice de complicações.

  1. Os implantes dentários não são usados apenas por idosos

Esse é um dos principais mitos sobre essa solução. É fato que os idosos são os que mais usam próteses dentárias em virtude da idade. Com o passar dos anos, as pessoas têm mais dificuldade para higienizar os dentes corretamente e podem desenvolver mais cáries. Mas os jovens a partir dos 17 anos podem sim implantar um dente. O responsável pela clínica Oral Unic de Araucária (PR), Dr. Robert Divino de Oliveira, explica que a má escovação na infância pode resultar na perda precoce dos dentes. “Quando a gente é criança temos o costume de não cuidar corretamente dos dentes, podendo causar a perda na infância. Em outros casos, um acidente pode fazer com que um dente se quebre ou caia. Então, os implantes podem ser feitos, independente da idade do paciente. O aconselhável é que o procedimento seja feito em pessoas com mais de 17 anos, quando a estrutura óssea já está formada”, afirma Dr. Robert.

  1. O organismo não rejeita o implante

Outro mito muito propagado é que o organismo pode rejeitar o implante, mas isso não é verdade. “Qualquer pós-operatório gera um cuidado maior na área do procedimento realizado, para controlar inchaços ou infecções. O implante de titânio, material que compõe os pinos fixados na arcada dentária, tem compatibilidade biológica com o tecido ósseo, então é super seguro e, seguindo as recomendações do dentista, a recuperação será tranquila”, explica o Dr. Robert.

  1. Implantar um dente melhora a autoestima do paciente

Muito além de uma solução estética, as próteses contribuem para a melhora da autoestima. Isso porque a falta de um ou mais dentes faz com que muitas pessoas se sintam desconfortáveis e tenham medo de sorrir. Com os implantes, o sorriso é restaurado e a confiança também – além de proporcionar mais conforto e segurança durante as refeições.

  1. A infraestrutura e a experiência do profissional fazem diferença no procedimento

A qualidade dos equipamentos, somada à experiência do cirurgião dentista são essenciais para um bom resultado. Algumas clínicas oferecem o conceito all-in-one, que possibilita aos pacientes todos os tratamentos, com raio-x panorâmico e centro cirúrgico totalmente equipado. “Isso faz muita diferença e aumenta a segurança do procedimento. Além disso, o atendimento humanizado é outro fator que contribui para o sucesso da cirurgia”, finaliza o especialista da Oral Unic.

Assessoria Oral Unic

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.