ParanáPolítica

Justiça nega pedido de liberdade provisória para Beto Richa

A Justiça negou o pedido de liberdade provisória para o ex-governador do Estado, Beto Richa, na tarde desta quinta-feira (21). O pedido foi analisado e indeferido pelo Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR). O pedido de habeas corpus foi julgado pelo juiz substituto de 2º grau, Mauro Bley Pereira Junior.

Beto Richa foi preso, na terça-feira (19), pelo Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado (Gaeco), em mais um desdobramento da Operação Quadro Negro. A investigação aponta o desvio de R$ 20 milhões que deveriam ter sido aplicados em obras, de construção e reforma, em escolas públicas do Paraná.

Transferência também foi negada

O juiz Mauro Bley Pereira Junior também julgou improcedente o pedido de transferência o ex-governador para uma cela especial. De acordo com decisão, o magistrado conversou com o vice-diretor do Complexo Médico Penal e foi informado que Beto Richa está separado dos demais detentos, em local que possui condições adequadas de higiene, recebe alimentação e visitas regularmente. “Assim, de acordo com informações do Complexo Médico Penal, o paciente encontra-se recolhido em cela individual, em condições especiais e condignas. Diante disso, observo que se encontra atendido o direito do paciente permanecer recolhido em sala de estado maior, que deve ser compreendida como local que permita separação e condições condignas”.

Massa News

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduanda pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.