Araucária

Farmácia Central do município amplia horário de atendimento

A partir desta sexta-feira (01), a Farmácia Central, localizada no prédio anexo ao Centro de Especialidades Médicas e Odontológicas (CEMO), na rua Guilherme da Mota, n°55, está ampliando o horário de funcionamento que agora passa a ser das 7h30 às 16h30. A mudança vai gerar um benefício de tempo para quem não pode chegar mais cedo na farmácia do município.

“Vai ser bem melhor para as pessoas que trabalham e precisam dos medicamentos de uso contínuo. Vai ajudar bastante quem trabalha até as 16h, por exemplo. Não vai precisar sair mais cedo do trabalho para pegar medicamentos de uso contínuo.” explicou Cíntia Meretz, moradora no bairro Passaúna e usuária da Farmácia Central.

O município de Araucária dispõe de diferentes tipos de medicamentos oferecidos e distribuídos conforme as responsabilidades das instâncias gestoras do SUS (Municipal, Estadual e Federal) e alimentos especiais. Em todo território nacional a distribuição dos medicamentos obedecem três componentes: Básico, Estratégico e Especializado.

Fazem parte do Componente Básico da Assistência Farmacêutica (CBAF) os medicamentos e insumos utilizados na atenção básica em saúde e de responsabilidade do município. Cerca de 162 medicamentos compõem a cesta de assistência básica essencial. O acesso a esses medicamentos se dá através das Unidades Básicas de Saúde do município e na Farmácia Central. No UPA e no PAI estão os medicamentos do componente básico que são de emergência.

Há outros tipos de medicamentos com garantia de acesso pelo SUS. O Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (CEAF) é outra estratégia para a garantia do acesso a esses medicamentos. Seu objetivo majoritário é a garantia da integralidade do tratamento medicamentoso em todas as fases evolutivas das doenças contempladas em nível ambulatorial. Esses medicamentos são de responsabilidade do Estado mas com distribuição garantida através da farmácia estadual que foi descentralizada e atende pelo município. O acesso se faz através de um protocolo de autorização que pode ser aberto na própria Farmácia Central, o usuário será orientado como proceder com a devida documentação necessária de pedido de medicação para abertura do processo.

Existem ainda os medicamentos do Componente Estratégico da Assistência Farmacêutica (CESAF) e compreende os que fazem parte do tratamento de problemas de saúde e seguem normas e protocolos específicos. Dentro dessa cesta podem ser disponibilizados cerca de 190 medicamentos com protocolos diferenciados. Entre eles estão remédios para tuberculose e hanseníase, por exemplo. Estes medicamentos são distribuídos nas farmácias municipais conforme a indicação que se fizer necessária.

Prefeitura de Araucária

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduanda pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.