Paraná

Câmara de Curitiba discute bilhetagem eletrônica nos ônibus

A mensagem do Executivo para tornar a bilhetagem eletrônica a principal forma de cobrança no transporte coletivo da cidade entra na pauta do plenário da Câmara de Vereadores de Curitiba nesta terça-feira (11), para a votação em primeiro turno. Além da redação original, que autoriza a implementação exclusiva desse sistema, por meio do cartão-transporte, a Câmara Municipal de Curitiba (CMC) discutirá dois substitutivos gerais. Um deles, proposto por Rogério Campos (PSC) e assinado por mais 36 vereadores, pretende garantir a substituição gradual dos cobradores.

Tanto o projeto do Executivo quanto o substitutivo de diversos vereadores querem alterar o artigo 2º da lei municipal 10.333/2001, norma que dispõe sobre a instalação dos equipamentos de bilhetagem eletrônica. O dispositivo a ser modificado, no entanto, diz que os cobradores devem ser mantidos nas estações-tubo, terminais de transporte e no interior dos coletivos, ressalvados os micro-ônibus e aqueles com embarque nas estações-tubo.

>>>>>>>>>Leia mais em: Massa News

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduanda pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.